fbpx

Artigos

Você se sente realizado de verdade?

Todos nós de alguma forma buscamos algum tipo de realização na vida.  Primeiro, nos formando, tendo uma profissão, ou um negócio de sucesso, em seguida, uma família que nos realize, e é claro, uma vida de realizações. Por conta de tantas idealizações, e pouco equilíbrio para lidar com a realidade, nos sentimos frustrados e nem sempre tão realizados como esperávamos.

O problema não é a vida, em geral, ela acontece e tudo está certo como é. O problema é que desejamos demais o que não temos e valorizamos de menos o que conquistamos. O conceito de realização significa apenas a ação, o ato, a consumação de algo, a efetuação,  a prática, a execução, a concretização. Ou seja, realização nada mais  que  o ato feito.

Fazemos tantas coisas, realizamos tantos feitos e por que não nos sentimos realizados?

Porque nesse contexto entra um outro conceito complementar que chamamos de auto realização. E auto realização, de forma consciente ou inconsciente, é o que todo indivíduo busca durante a vida. Esse é o ponto onde todos queremos chegar.

Se auto realizar significa desenvolver todas as suas possibilidades de crescimento, e isso se aplica principalmente ao desenvolvimento de si mesmo.  Segundo Maslow, um grande psicólogo, pessoas auto-realizadas aceitam a si próprias, ao outros e ao mundo com as incertezas e as ambiguidades inerentes. Centram-se mais nos problemas do que em si próprias. Têm grande espontaneidade.  São autônomas e independentes. Valorizam a sua privacidade.

A apreciação que fazem das coisas e das pessoas é original, pura e não estereotipada. Identificam-se  com a humanidade. Têm poucos amigos íntimos, mas a relação é forte e profunda. Não confundem meios com fins. Têm grande criatividade. São abertas para novas experiências.

Portanto, realizado você já é, pois com certeza, já fez muitas coisas boas e importantes na sua vida.  E precisa agradecer e valorizar tudo que conquistou.

Compartilhe este texto
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Marilena Borges

Graduada em Psicologia com especialização em Psicologia Clínica e Mestre em Filosofia. Sócia e diretora do ESEDES.

Últimos artigos

Rolar para cima